Sandbox regulatório: CVM publica regulamentação

Sandbox regulatório: CVM publica regulação

No ambiente de segurança cibernética, muito populares são os anti-spywares e antivírus. Porém, há uma terceira opção de defesa virtual menos divulgada, conhecida como Sandbox

O Sandbox é basicamente um ambiente separado criado dentro de seu computador onde é possível baixar e testar programas, sem o risco de que arquivos nocivos entrem em ação e danifiquem o seu sistema.

No mundo real, o termo Sandbox Regulatório foi cunhado para designar um conjunto de regulações específicas para empresas inovadoras e startups, criando uma forma de “espaço seguro” no qual possam ser testados novos produtos, serviços, modelos de negócio e mecanismos de entrega, no mercado de capitais, sem que qualquer falha de processo ou regulatória contamine o restante do sistema.

No último 15 de maio, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) publicou a Instrução CVM 626, regulando a constituição e funcionamento de um ambiente regulatório experimental (“Sandbox Regulatório”).

A intenção do órgão regulatório é fomentar a inovação no país, diminuindo o custo e o tempo necessários para desenvolver e lançar produtos, serviços e modelos de negócios, reduzindo drasticamente a burocracia envolvida no processo.

A Meden Consultoria enxerga com muito bons olhos o incentivo à inovação e ao desenvolvimento econômico, sendo de suma importância para alavancar a economia nacional em um momento de crise econômica mundial.  

Se a pandemia de Covid-19 nos trouxe alguma lição, é a que temos grande capacidade para nos reinventar e nos readequarmos à novas realidades quando incentivados, e a ICVM 626 veio como um grande incentivo para nossa evolução.

Comment

There is no comment on this post. Be the first one.

Leave a comment

dezesseis − 1 =